Um dos recursos para cura de certos tipos de doença é ‘”enganando o cérebro”.  O cérebro quando recebe uma informação trata de processar e produzir resultados. Várias experiências foram feitas com este modelo e muitas pesquisas científicas comprovaram a eficácia do método.
Veja o resultado interessante de pesquisa recente publicada na edição do dia 11/5/2009 da revista Archives of Internal Medicine, da Associação Médica Americana.

Com 638 voluntários para verificar se a acupuntura funciona no tratamento de dores nas costas (lombalgia), os cientistas, sem que os voluntários soubessem, aplicaram “acupuntura falsa”. Um tratamento fingido com palitos de dentes e cutucando em qualquer ponto do corpo, principalmente em pontos não considerados pela acupuntura. Não fizeram nada além brincar de cutucar em qualquer lugar corpo.

RESULTADO SURPREENDENTE: 60% dos voluntários foram curados com os palitinhos e o restante apresentou grande melhora com a diminuição das dores. A mesma experiência feita com acupuntura real também deu certo. O que a pesquisa revela é que tanto a falsa acupuntura como a verdadeira cura a  lombalgia.

Outro resultado surpreendente: A experiência com tratamento de lombalgia pelo método tradicional da medicina atual não deu bom resultado. Conclusão: os palitinhos falsos funcionam muito bem e sem custos, pois qualquer um pode aplicar, desde que a pessoa esteja ciente de que se trata de tratamento sério.

O professor Ayrton está desenvolvendo uma tese semelhante para provocar emagrecimento sem fome com o paradigma concentrado no “enganar o cérebro”.

Professor Ayrton